Ao tecer críticas à extensão do foro privilegiado pela Constituição do país, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pegou os vereadores do Amazonas como exemplo do que considera ser um absurdo a concessão dessa benesse.

“Temos três estados, o Rio de Janeiro, o Piauí e Amazonas, onde todos os vereadores têm foro privilegiado no TJ. Não tem nenhum sentido isso”, afirmou.

Saiba mais lendo O Globo.

 

Foto: BNC