Edição do fim de semana da revista Veja traz reportagem exclusiva sobre revelações inéditas do acordo de delação de Antônio Palocci, ex-ministro dos governos petistas de Lula da Silva e Dilma Rousseff.

A principal delas é que a campanha de Lula à Presidência da República em 2002 teve 1 milhão de dólares doados pelo governo da Líbia, naquele momento nas mãos do ditador Muamar Kadafi.

Os “irmãos”, que é como se tratavam mutuamente Lula e Kadafi, tiveram um encontro na Venezuela, em 2009.

Leia essa e outras revelações bombásticas de Palocci na Veja.

 

Foto: Reprodução/Ricardo Stuckert_Presidência da República/Veja