O empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, declarou nesta quinta-feira, dia 20, à operação Lava Jato que “o apartamento era do presidente Lula”. O executivo se referia ao triplex do condomínio do edifício Solaris.

“O senhor entende que deu a propriedade do apartamento para o presidente?”, indagou o advogado de Lula, Cristiano Martins.

“O apartamento era do presidente Lula. Desde o dia que me passaram para estudar os empreendimentos da Bancoop já foi me dito que era do presidente Lula e sua família e que eu não comercializasse e tratasse aquilo como propriedade do presidente”, afirmou o empreiteiro.

A denúncia do Ministério Público Federal sustenta que Lula recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012.

Leia notícia completa no Estadão e assista o vídeo com o depoimento do empreiteiro.

 

 

Foto: Reprodução/YouTube

Vídeo: Estadão