O plenário do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) decidiu, por unanimidade, que a Assembleia Legislativa (ALE-AM) dê posse imediata, até às 14h, ao governador eleito e diplomado Amazonino Mendes (PDT) e seu vice Bosco Saraiva (PSDB).

Resumidamente, os desembargadores julgaram que o interesse do presidente interino da ALE-AM, Abdala Fraxe (Podemos), é apenas o de postergar, sem sentido, um ato já determinado pela Justiça Eleitoral.

 

Foto: BNC