No balanço dos primeiros cem dias do seu governo, nesta quinta, dia 11, o governador Amazonino Mendes (PDT) afirmou que é hipocrisia querer boa administração dos secretários ganhando algo em torno de R$ 13 mil. “Não quero ladrões no meu governo”, disse.

Por isso, anunciou que já encomendou à Casa Civil que prepare um ato para aumentar esse salário.

Justifica o governador que o seu secretariado não pode ficar vulnerável à corrupção percebendo uma remuneração considerada baixa para blindá-los de tentações.

Comparou a situação dos secretários com a dos magistrados, que são obrigados a decidir em processos envolvendo altas quantias de dinheiro, e que por isso devem ser bem remunerados para afastar a possibilidade de corrupção.

 

Foto: BNC