Nomeação feita esta semana pelo governador Amazonino Mendes (PDT) para a Secretaria Executiva de Política Fundiária abriu uma lacuna em um dos postos da cúpula da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

É que a nomeação tirou da autarquia federal, da Superintendência Adjunta de Projetos, a advogada Paula Andrea Kanzler Soares, esposa do coronel Amadeu Soares, que também está nomeado secretário executivo no governo Amazonino, na pasta de Segurança Pública.

Paula Andrea, da cota do deputado federal Silas Câmara (PRB), estava na Suframa desde o fim de maio.