A Procuradoria-Geral da República (PGR) vem mostrando disposição de acelerar e aprofundar as investigações criminais da operação Lava Jato sobre políticos com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta sexta, dia 12, o procurador da República Alessandro José Fernandes, do Paraná, passou a integrar o grupo de trabalho da Lava Jato na PGR.

O foco do grupo são exclusivamente deputados, senadores e ministros.

Leia mais no blog de Fausto Macedo, no Estadão.

 

Leia mais

PGR convoca procurador do AM para reforçar investigações da Lava Jato

Mais delegados vão acelerar Lava Jato contra os de foro privilegiado