Eleito para um mandato tampão de 15 meses, na sua quarta passagem pelo Executivo estadual, o governador Amazonino Mendes (PDT) vai apresentar hoje, dia 11, um balanço dos primeiros cem dias de gestão.

A alta rotatividade no secretariado, acordos com fornecedores e prestadores de serviços para pagamento de dívida de governadores anteriores, nível de arrecadação tributária, prisão do ex-governador José Melo (Pros) e o cenário eleitoral para este ano são assuntos que devem ser provocados pela imprensa nesse encontro com Amazonino.

 

Foto:  BNC