01/12/2016
15:31

Rapidinhas

 

Desumano

A morte do artista parintinense Anacleto Azevedo, de 36 anos de idade, no barracão da Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, em SP, é tida por seus colegas de trabalho como uma denúncia das péssimas condições de trabalho a que se submetem na capital paulista e também no Rio Janeiro.

Segundo eles, a beleza do espetáculo que produzem sempre escondeu o ambiente insalubre de trabalho.

Anacleto morreu nesta quinta-feira, dia 19, em consequência da queda de uma altura de sete metros da alegoria em que trabalhava na terça-feira, dia 17.

Nota de pesar de Jucá pela morte de ministro é tratada como cinismo

Investigado e tido como inimigo declarado da Operação Lava Jato, cujo relator era o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, morto nesta quinta-feira, dia 19, em acidente aéreo, no RJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi acusado de cinismo nas redes sociais por causa da nota de pesar que postou no início da noite.

Na nota, o parlamentar roraimense, líder do governo no Congresso, considera o falecimento uma grande perda e comenta: “Todos nós lamentamos a perda e estamos solidários à família, amigos e admiradores”.

Suas palavras, porém, não encontram eco naquilo que ele pensava sobre a operação relatada por Zavascki, já que conversas ocultas gravadas em março revelaram que o senador agia para “estancar a sangria” provocada na classe política pela Lava Jato. Leia mais.

Os internautas não pouparam palavras contra Romero Jucá.

Wagner Shhadolnik, por exemplo, chama-o de “Cara de Peroba”; já Bruna Coelho, comenta: “Fosse vc eu tinha era vergonha!”; Jefferson Cunha indaga: “Isso é uma piada?”; já Miro Souto ironiza: “E aí, Jucá! Vai ter festa hoje?”; Ana Coelho pergunta ao senador: “Como pode ser tão cínico?”.

Além das cutucadas, há também postagem que acusa o parlamentar de estar por trás da morte do ministro. Foi o que postou Patrícia Franchini:

“Que você seja preso junto todos os bandidos, já não bastasse matarem o povo as mortes em hospitais sucateados, pessoas com fome, violência graças a desigualdade e pobreza que vocês geraram e mantiveram por ganho próprio e incompetência mataram agora alguém que queria um pouco de justiça ao povo. Vocês vão cair, o povo vai acordar, e vocês vão pagar”.

Entre os comentários, que cresceram rapidamente, há ainda aqueles que se queixaram de terem  comentários deletados e agora estarem com perfis bloqueados pela Facebook do senador.

Acesse o post.

 

Foto: Reprodução/Facebook

Governo do Amazonas decreta luto

Em nota publicada no início da noite, o Governo do Amazonas ”lamenta a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, falecido nesta quinta-feira (19), aos 68 anos de idade em um acidente aéreo”. A nota informa ainda que será decretado luto de três dias em respeito ao magistrado e professor brasileiro, que atuava como ministro do STF desde 29 de novembro de 2012.

Duas vias para Josué Neto

O ainda presidente da ALE-AM e futuro 3° vice-presidente, Josué Neto (PSD), deve se manter no ciclo das decisões da casa. Ele pode comandar a comissão de finanças ou ser líder do governo. Em tempos de orçamento impositivo, a comissão ganha importância.

Peritos criminais fazem operação padrão e ameaçam greve

Na manhã desta quinta-feira, dia 19, os peritos criminais do Amazonas iniciaram a “operação padrão” e ameaçam greve para a próxima terça-feira. A categoria alega que não recebeu sequer a primeira parcela do escalonamento salarial, reivindicação de pelo menos dois anos.

Eles fizeram uma manifestação na frente do IML pela manhã e farão um ato de protesto em frente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) até o início da tarde.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Peritos Oficias de Natureza Criminal do Amazonas (SINPOEAM), Fernanda Versiani, o atendimento continua, mas caso falte algum insumo ou apoio técnico os serviços não serão realizados. “ O atendimento básico se mantém, mas não vamos dar um jeitinho quando, por exemplo, faltar algum insumo como máscaras ou quando não tiver autoridade no local do crime”, disse.

Ontem à noite, os policiais civis aderiram a greve geral justamente por conta de reivindicação salarial. Sem a polícia civil, o atendimento nas delegacias fica prejudicado.

 

Foto: BNC

Rotta, um vice quase titular

O vice-prefeito Marcos Rotta (PMDB) vai fechar as primeiras três semanas do atual mandato do prefeito Arthur Neto (PSDB) com mais quilometragem no cargo do que o próprio titular. Por enquanto, efetivamente, Arthur tem 9 dias de prefeito; Rotta, que está no exercício do cargo desde ontem, até segunda-feira, dia 23, completará 13 no comando de prefeitura.

O tucano está em viagem para a Colômbia.

 

No jeitão Omar

O senador Omar Aziz (PSD-AM) está em confronto com seu colega de partido José Medeiros (MT) por causa da eleição para a presidência do Senado, revela nesta quinta-feira, dia 18, a coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo.

O bastidor da querela está contado em duas notas chamadas “Sansão e Dalila”. A primeira mostra que Medeiros, sem apoio do partido, vai procurar o presidente Michel Temer para tratar de sua candidatura. A segunda conta como o parlamentar amazonense reagiu ao colega:

“Ele pode falar com o Temer, com o papa. Quem toma as decisões é o partido”.

Prefeitura preparada para reajustar a passagem de ônibus

Após um dia de greve geral, que deixou a cidade sem transporte público, e um dia de negociações com trabalhadores e empresários, auxiliares do prefeito Arthur Neto (PSDB) já preparam, constrangidos, o couro para a reação da sociedade à decisão que terá que ser tomada.

A passagem de ônibus, que o tucano tenta segurar no mesmo patamar há cerca de quatro anos, terá que ser reajustada.

Ontem, o prefeito foi informada disso por meio da comissão que montou para cuidar do assunto antes de embarcar para a Colômbia, onde deve ficar até domingo.

 

Hissa agora é compositor do Garantido

O deputado federal Hissa Abrahão (PDT) está no time de compositores que teve toadas aprovadas para a temporada 2017 do boi-bumbá Garantido. O ex-candidato a prefeito de Manaus fez uma toada de galera chamada “Fórmula perfeita”.

Mas, ele não é o único político de Manaus entre os escolhidos. O vereador Diego Afonso, também do PDT, filho do deputado estadual Adjuto Afonso, passou na seleção com a toada “Alma de artista”, homenagem a Jair Mendes, artista que chega ao Garantido vindo do rival Caprichoso.

 

 

Foto: BNC

SIGA BNC

PARA PENSAR