O deputado estadual Sabá Reis (PR) propôs na Assembleia Legislativa (ALE-AM), na sessão da manhã desta terça-feira, dia 10, a convocação do secretário de Saúde (Susam), Francisco Deodato, para esclarecer a crise que informou ter diagnosticado no setor durante a transição e primeira semana da gestão de Amazonino Mendes (PDT).

A intenção, segundo o parlamentar, é criar uma CPI (comissão parlamentar de inquérito) para investigar as irregularidades encontradas e informadas à imprensa pelo atual secretário.

De acordo com Reis, a investigação deve abranger os governos de Omar Aziz (PSD) e José Melo (Pros) e a interinidade de cinco meses de David Almeida (PSD).

O deputado afirmou que durante as investigações pretende convocar os ex-governadores e seus respectivos ex-secretários de saúde para depor na CPI.

“Essa CPI terá chance de resgatar todas as investigações das outras comissões que não foram à frente na ALE”, afirmou.

Na última sexta, informações divulgadas pela Secretaria de Comunicação (Secom) davam conta que o novo governo encontrou rombo de R$ 1, 2 bilhão no setor da saúde.

Reis afirmou que, além da assinatura dele, a proposta de CPI já conta com as dos deputados Augusto Ferraz (DEM), José Ricardo (PT), Luiz Castro (Rede), Francisco Souza (Podemos) e do presidente da casa, David.

Abadala Fraxe (Podemos), aliado fiel do grupo, deve assinar também. A deputada Alessandra Campelo (PMDB) declarou apoio à iniciativa de Reis, mas ponderou que a ALE-AM aguarde a presença de Deodato no parlamento para definir os parâmetros da investigação.

Veja vídeo da entrevista de Reis:

 

Foto e vídeos: BNC