Os cofres públicos do Governo do Estado bancaram, nos cinco meses da gestão interina do deputado David Almeida (PSD), os gastos para manter 44 carros oficiais e 70 policiais militares à disposição de José Melo (Pros) e Henrique Oliveira (SD), governador e vice cassados pela Justiça Eleitoral.

David também manteve o abastecimento desses veículos com combustíveis destinados para uso da frota pública, principalmente as viaturas dos sistemas de segurança pública e saúde.

A revelação, sem citar nomes, foi feita pelo líder do governador Amazonino Mendes (PDT) na Assembleia Legislativa (ALE-AM), deputado Dermilson Chagas (PEN).

Segundo ele, o governador Amazonino determinou suspensão imediata do benefício ilegal assim que foi descoberto pela equipe de transição (foto), que foi chefiada pelo atual secretário de Saúde (Susam), Francisco Deodato.

 

Foto: Reprodução/site smdtump