Amazonense de Benjamim Constant que autorizou a entrada da Polícia Federal no Senado, para prender policiais legislativos que atrapalhavam as investigações da Lava Jato, no ano passado, e que este ano mandou prender o amigo pessoal do presidente da República, Michel Temer, ex-ministro Geddel Vieira Lima, o titular da 10ª Vara Federal de Brasília, Vallisney de Souza Oliveira, fará palestra em Manaus esta semana.

Será durante a II Conferência Estadual da Advocacia do Amazonas, que começa às 18h da próxima quarta-feira, dia 4, no Manaus Plaza Centro de Convenções, na avenida Djalma Batista, Chapada, e se encerra na sexta-feira, dia 6.

A palestra de Vallisney será na sexta-feira, a partir das 20h30. Ele discorrerá sobre o tema: “O advogado no interrogatório e o direito à ampla defesa do réu.”

Também ministrará palestra no evento o advogado criminalista Délio Lins e Silva, que advoga para réus da Lava Jato e outras operações conhecidas nacionalmente. Ele falará sobre o tema “Deleção premiada sob a ótica do advogado criminalista”.

As inscrições podem ser realizadas na Escola Superior de Advocacia (ESA), localizada na rua São Benedito, 99, Adrianópolis. Informações: 3236-5805.

A coordenação da Conferência também receberá inscrições na hora do evento.

O participante poderá realizar inscrição no cartão de crédito ou débito no site da Conferência (http://bit.ly/conferenciaestadualam).

A programação é voltada para advogados e acadêmicos de Direito.

Investimento: Acadêmicos e Bacharéis em Direito (R$ 30,00); Advogados com até cinco anos de atuação (R$ 40,00); Advogados com mais de cinco anos de atuação (R$ 50,00).

Papel da Advocacia

Com o tema “A Advocacia como meio de assegurar a justiça social”, a Conferência tem o objetivo de debater, em profundidade e extensão, o papel relevante que tem a Advocacia, individual e coletivamente, na realização da nação projetada e almejada pelo povo brasileiro, por meio de seus representantes eleitos.

Homenagem a Bernardo Cabral

No no dia 5 de outubro, quando a Constituição Federal completa 29 anos de sua promulgação, o relator da Constituição em vigência, Bernardo Cabral, apresentará um relato histórico sobre os trabalhos que resultaram na Constituição Federal de 1988 e será homenageado pela Seccional da Ordem do Amazonas, com a criação da Medalha Bernardo Cabral.

O evento contará com a presença do vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Luís Cláudio da Silva, do Presidente da OAB-AM, Marco Aurélio de Lima Choy, do presidente da OAB-RJ, Felipe de Santa Cruz Oliveira, além de outros renomados juristas brasileiros.

Outros temas abordados estão: Compliance e Marketing na Advocacia; Privacidade e Proteção de Dados na Internet; Advocacia na Fronteira entre o Romantismo e o Racionalismo Jurídico; Sistema Prisional no Amazonas, Ressocialização e os Direitos Humanos, Reforma Trabalhista; Novo Código de Processo Civil; Direito Previdenciário e Aposentadoria, entre outros assuntos.

 

Foto: Jefferson Coppola/VEJA