As trabalhadoras rurais também terão uma idade mínima menor que os homens para poderem se aposentar. Elas poderão requerer o benefício com 57 anos, enquanto os homens terão que esperar até 60 anos.

Essa informação consta do relatório da reforma da previdência, que está sendo apresentado nesta quarta, dia 19, na comissão especial da Câmara dos Deputados.

O relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA), recuou da ideia de fixar o tempo de contribuição rural em 20 anos. Em seu relatório, ele propõe 15 anos. Esse é o prazo que já vigora hoje.

Leia mais em O Globo.

 

Foto: Portal Brasil