A entrevista coletiva que o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) convocou para às 10h desta sexta-feira, dia 12, sobre a situação falimentar da Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), criou expectativa entre alunos, professores e familiares de que o órgão vai pedir, na justiça, a falência da fundação.

O assunto será tratado, na entrevista, pela titular da 47ª Promotoria de Justiça Especializada em Fundações e Massas Falidas, Promotora de Justiça Kátia Maria Araújo Oliveira.

A entrevista será na sede da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Amazonas, na Avenida Coronel Teixeira, 7995, Nova Esperança.

 

Leia mais 

Temendo falência, alunos farão protesto na Fucapi nesta segunda