Com investimentos estimados em R$ 502 milhões, provenientes do Estado e da União, o Governo do Amazonas retomou obras paradas, deu continuidade a outras e já elaborou, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) plano de ação para concluir, até o final de 2018, 63 obras, sendo 24 na capital e 39 no interior.

As ações da Seinfra, coordenadas pelo secretário Oswaldo Said, foram destacadas no balanço de 100 dias de Amazonino Mendes (PDT) à frente do executivo estadual.

Entre as obras estão a retomada da urbanização das margens do igarapé dos Franceses/Cachoeira Grande, zona sul de Manaus, parada há mais de cinco anos; início da construção de uma trincheira na avenida Noel Nutels, Cidade Nova, zona norte, como parte das obras da avenida das Flores; além de serviços de contenção de erosões nos bairros Nova Floresta, Santa Inês, Cidade de Deus, Colônia Antônio Aleixo e Conjunto João Paulo; duplicação da AM-070 e recuperação de ramais em cinco municípios.

RAMAIS

A Seinfra também está realizando serviços de pavimentação de estradas e ramais localizados em 13 municípios: Itacoatiara, Itapiranga, Rio Preto da Eva, São Sebastião do Uatumã, Autazes, Borba, Anamã, Careiro, Envira, Iranduba, Manacapuru, Manaquiri e Tabatinga.

O novo governo iniciou processo de licitação para oito obras de infraestrutura, que incluem recuperação de sistemas viários municipais e manutenção e recapeamento da AM-352. Também já está pronto o novo pacote de obras de recuperação dos sistemas viários urbanos das sedes de 12 municípios.

*Com informações e foto da Secom.