A Câmara Municipal de Manaus aprovou nesta terça, dia 5, o projeto enviado pela prefeitura de Arthur Neto (PSDB) para criação da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Ageman).

O provável titular desse novo órgão, escolhido pelo prefeito antes de enviar o projeto para aprovação dos vereadores, deve ser Fábio Alho (foto), que comandou a agência similar (Arsam) do Governo do Estado desde 2003 até Amazonino Mendes (PDT) assumir, em outubro.

Arthur pretende aproveitar essa experiência profissional de Alho.

Caberá à Ageman normatizar, controlar e fiscalizar os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, de manejo, tratamento e destinação final de resíduos sólidos, de transporte coletivo urbano, de iluminação pública, dentre outros.

Outra tarefa importante do novo órgão é auxiliar a Prefeitura de Manaus na análise das tarifas de serviços concedidos, como é o caso da passagem de ônibus.

O presidente da Câmara, Wilker Barreto (PHS), disse que a aprovação foi tranquila porque os vereadores avaliaram que a agência vai ser importante para a fiscalização e melhoria dos serviços públicos.

A Ageman deverá ser mantida por receita própria advinda dos percentuais pactuados nos contratos de concessão.

 

Leia mais

Prefeitura traz para primeiro escalão nome demitido do governo

 

Foto: Divulgação/Leitor BNC