O escritor amazonense Milton Hatoum lotou o auditório anexo da Escola Normal Superior da UEA, durante a manhã desta terça-feira (5), em um bate-papo com a comunidade acadêmica da Universidade e leitores assíduos das obras dele.

O tema principal da conversa foi a mais nova obra de Hatoum ‘A Noite da Espera’, lançada na última segunda-feira (4).

Atendendo a pedidos dos alunos da UEA, no interior do estado, o bate-papo com o escritor foi transmitido ao vivo via Mano (aplicativo de compartilhamento de conteúdo multimídia, disponível nas lojas de aplicativos online).

Para o aluno do curso de Letras da UEA, Cleber Santos, 22, a aproximação com o escritor amazonense foi inspiradora.

“Estou muito feliz e emocionado como admirador dele e se Deus quiser, futuro escritor”, comentou um dos presentes, após ter o livro autografado por Hatoum.

De acordo com o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, as portas da Universidade estão abertas para Milton e para diversos outros artistas escritores e poetas, principalmente da região Norte.

“É um enorme prazer recebê-lo na UEA e poder prestigiar essa interação com nossos alunos. Nossa expectativa é ampliar cada vez mais esse contato”, frisou o reitor.

 

A obra

“A Noite da Espera” é um romance que será dividido em três volumes.

A primeira parte da trama recebe o subtítulo de ‘O lugar mais sombrio’ e se passa em Brasília.

Protagonizada pelo jovem Martim, a história relata um drama familiar cujo pano de fundo é a ditadura, nos anos de 1960.

Martim é um jovem paulista que se muda com o pai para Brasília após a separação traumática deste e de sua mãe.

Na cidade recém inaugurada, trava amizade com um variado grupo de adolescentes do qual fazem parte filhos de altos e médios funcionários da burocracia estatal.

Os dois volumes sequentes devem ser lançados em 2018 e 2019, respectivamente.

Fonte: Assessoria

 

Foto: Joelma Sanmelo/ UEA