O prefeito Antônio Peixoto, de Itacoatiara, segundo maior colégio eleitoral do interior do Estado, não respeitou por mais quatro horas a decisão tomada por seu partido, o PT, de não apoiar nenhum dos candidatos a governador do Amazonas, neste segundo turno da eleição suplementar no Estado.

No fim da tarde de ontem, Peixoto publicou um post em seu perfil no Facebook fazendo declaração e indicando voto em Eduardo Braga (PMDB), que, no município, ficou em terceiro lugar da disputa no primeiro turno.

“Quero […] dizer ao meu partido que, tudo que um filiado pode praticar de fidelidade, eu fiz no primeiro turno! Agora, eu exijo o direito de escolher o que é melhor para Itacoatiara e para o PT”, diz o prefeito em um trecho do post.

No texto, Antonio Peixoto situa que seu apoia a Braga está dentro do contexto local, de Itacoatiara, da disputa dele com o ex-prefeito Mamoud Filho (PSD), que apoia o ex-governador Amazonino Mendes, que venceu a eleição no local e contra o qual faz a seguinte indagação:

“Você já pensou o que será de Itacoatiara se esse cidadão vir a ganhar o governo do estado?”.

Ontem, durante a reunião do Diretório Estadual do PT-AM, o prefeito de Itacoatiara ainda tentou ser liberado para fazer campanha para Braga com o aval do partido, mas a maioria dos petistas com poder de voto no encontro rechaçou a hipótese.

 

Segundo prefeito rebelado

Antonio Peixoto não é um caso raro de prefeito petista que se voltou contra o partido nesta eleição. O primeiro foi Clóvis Curubão, do Município de São Gabriel da Cachoeira, que fez campanha para o candidato Amazonino Mendes (PDT).

Nessa fase da disputa, o PT tinha candidato próprio, o deputado José Ricardo, que ficou em quarto colado.

 

Primeiro turno acirrado no município

Itacoatiara protagonizou a disputa mais acirrada no primeiro turno da eleição no interior do Amazonas. Para se ter ideia, a diferença do primeiro para o quarto colocado do pleito não chegou a 900 votos, num colégio eleitoral de 63,3 mil eleitores.

No município, Amazonino venceu a disputa com 10.680 votos (25,34%), em segundo lugar ficou Rebecca Garcia (PP), com 10.511 (24,94%), depois, Eduardo Braga, com 10.192 votos (24,18%) e, em quarto, o petista José Ricardo, que obteve 9.219 votos (23,29%).

 

Leia o post Antônio Peixoto

No segundo turno da Eleição Suplementar, Peixoto vota e indica Eduardo Braga 15!

Na manhã de hoje (12/08/2017), o Diretório Estadual do PT decidiu por maioria de votos, não apoiar no segundo turno, nem Amazonino nem Eduardo Braga!
Porém, diante da conjuntura, eu não posso e nem vou anular meu voto!
Eu tenho 36 anos de filiado no P T, com 3 mandatos de vereador e estou no segundo mandato de Prefeito! 
No primeiro turno, dia 06 passado, Itacoatiara deu a nossa chapa: Zé Ricardo e Sinésio Campos, a maior votação proporcional, mais de 23% dos votos válidos!
Além do mais, a campanha de Amazonino está sendo coordenada pelo nosso rival das eleições de 2016.
Você já pensou o que será de Itacoatiara se esse cidadão vir a ganhar o governo do estado?
Quero de igual modo, dizer ao meu partido que, tudo que um filiado pode praticar de fidelidade, eu fiz no primeiro turno! Agora, eu exigo o direito de escolher o que é melhor para Itacoatiara e para o PT.
Por fim, quero avisar todos os servidores, todos os amigos que estavam esperando pela minha decisão, todos os vereadores e os empresários que conhecem como deixariam o município e a administração de Itacoatiara para nós, que o meu candidato para o segundo turno, é o Eduardo Braga 15. Quero convocar todos e todas pra esse puxirum da vitória. Vamos fazer o maior percentual de votos para um candidato, da história de Itacoatiara.
E pra finalizar, quero pedir a nossa militância, que não fale o que não busca voto!
Evitem provocações!
Vamos fazer campanha!
Dia 27 é 15!!
A Vitória será de Itacoatiara e do Amazonas!
Conto com vocês!!
Comentem e compartilhem!

 

 

Foto: Reprodução