Da Redação

 

O Instituto Diário de Pesquisa (IDP) divulgou resultado de estudo nesta segunda-feira em que o candidato Amazonino Mendes (PDT) venceria Eduardo Braga (PMDB) por uma diferença de 6,9 pontos de vantagem neste segundo turno. Restam 11 dias de campanha e a eleição será no dia 27 de agosto.

De acordo com a pesquisa do IDP, divulgada no jornal Diário do Amazonas nesta segunda-feira, se a eleição fosse hoje, Amazonino venceria com 42,2% dos votos e Braga ficaria com 35,3% dos votos, levando em conta os votos brancos e nulos, que somam 16,6%.

Excluindo brancos, nulos e indecisos, Amazonino fica com 54,4% e Eduardo 45,6%, elevando a folga do pedetista.

A pesquisa é a terceira publicada neste segundo turno, em menos de uma semana. As três apontam vitória de Amazonino. Porém, as duas pesquisas anteriores, DMP/Tiradentes e #Pesquisa365, mostraram maior distanciamento entre os dois candidatos neste momento da campanha.

A DMP mostra distância de 30 pontos entre os dois candidatos e a #Pesquisa365 22,2 pontos entre Amazonino e Braga, em votos válidos.

Dados da pesquisa

De acordo com informação publicada no jornal Diário do Amazonas sobre a pesquisa de seu instituto próprio,  a sondagem foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número AM-00299/2014.

Os pesquisadores do instituto estiveram em campo nos dias 7, 8, 9 e 10 de agosto de 2017, em bairros de 13 zonas de Manaus e em 12 municípios do Estado não identificados na publicação.

Segundo a publicação, 1.600 eleitores foram entrevistados. A margem de erro é de 2,45% para mais ou para menos nos resultados.

 

 

Amazonino põe 30% de votos à frente de Braga, diz DMP/Tiradentes

Amazonino dispara e Braga empata com votos brancos e nulos

Fotos: BNC