A menos de 48 horas do início da votação do segundo turno das eleições suplementares, Amazonino Mendes (PDT) subiu o tom e partiu pela primeira vez para um ataque frontal ao seu adversário.

Em inserção na TV na manhã desta sexta-feira, dia 25, o candidato chamou o adversário Eduardo Braga (PMDB) de mentiroso e covarde.

No vídeo, que já está nas redes sociais, Amazonino diz que, “desesperado”, Braga fez 4 mil inserções durante a campanha “atacando e dizendo inverdades” a seu respeito e que, agora, “no último momento, ele não aparece, de forma covarde, tentando confundir o povo”.

Amazonino refere-se ao VT em que a campanha do adversário afirmou que ele é apoiado pelo ex-governador cassado José Melo; a propaganda foi retirada do ar por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). 

“Vocês sabem que não é verdade [o apoio de Melo]. Não seria nenhum desdouro, mas não existe nada disso. Mas, ele [Braga] quer confundir o povo”.

Amazonino encerra o discurso, em tom de mensagem aos seus eleitores, dizendo acreditar na firme decisão deles neste segundo turno.

Veja o vídeo, na íntegra:

 

 

Foto: Reprodução/vídeo