O senador Omar Aziz (PSD) e o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) foram os primeiros nomes lembrados pelo governador eleito Amazonino Mendes (PDT) no discurso da vitória, na noite deste domingo, dia 27, logo após a apuração indicar que a eleição suplementar estava assegurada.

Amazonino rasgou elogios a Omar, a quem se referiu como “um político de extraordinária expressão, que nos encanta pela simplicidade, que foi o construtor da nossa candidatura, o nosso articulador desta campanha”.

Antes dos agradecimentos, Amazonino atribuiu o sucesso nas urnas, para este quarto mandato, à memória póstuma do governador Gilberto Mestrinho e de dona Tarcila Mendes, sua falecida esposa.

Com a voz embargada pela emoção da vitória, Amazonino agradeceu também a outros aliados na campanha, como os deputados federais Pauderney Avelino (DEM), Silas Câmara (PRB) e Hissa Abrahão (PDT) e dos deputados estaduais Dermilson Chagas (PEN) e Josué Neto (PSD), além do ex-prefeito de Maués Sidney Leite.

Para o seu vice Bosco Saraiva (PSDB), Amazonino disse se tratar de um “jovem disciplinado, correto, sem defeito”.

 

Foto: Divulgação