Após ficar em segundo lugar com 40% dos votos válidos nas eleições suplementares no Amazonas, o senador Eduardo Braga (PMDB), disse durante a coletiva de imprensa na qual comentou o resultado das urnas, que ainda não sabe qual será seu destino político em 2018.

“Acabamos de sair de uma eleição. Agora vou ficar um pouco com a família e tenho que retomar as minhas atividades no Senado. Depois a gente pensa no futuro”.

 Ao lado da esposa Sandra, do vice Marcelo Ramos (PR) e da deputada estadual Alessandra Campelo (PMDB), Braga também afirmou esperar que o governador eleito, Amazonino Mendes, possa corresponder as necessidades do povo.

“Desejo ao Amazonino que ele faça o melhor pelo Amazonas. O povo não pode e não merece ficar esperando 12 meses para ter seus problemas resolvidos”.

O senador ressaltou ainda que em relação a estrutura, a sua campanha foi a do “tostão contra o milhão”. Ele também disse que “o resultado desta eleição influenciará o modelo politico-dominante por alguns neste Estado”.